PRAIA DA BOLSA – PRAIAS GAY

A Praia de Copacabana possui um dos mais tradicionais territórios Gay. O ponto é um dos mais tradicionais, ou seja, uma faixa de areia bem em frente ao Hotel Copacabana Palace, conhecido por “a Bolsa”. Esse espaço existe desde meados da década de 50 e é local de encontros e, quem sabe, namoro, freqüentado principalmente por gays, travestis e transexuais. Conhecido como a Bolsa de Valores, ou simplesmente a Bolsa. O lugar foi apelidado assim, desde os anos 50, pois, na época, era local dos encontros e flertes dos gays, travestis e michês. Estes, mostravam seus corpos para os turistas hospedados no tradicionalíssimo e elegante Copacabana Palace.

Na época, os gays baseavam suas conquistas como ações da bolsa de valores, comentando que estavam valorizadas ou não. O local, na época, era símbolo dos homossexuais, onde os amigos se encontravam, trocavam informações, para arranjar novos amigos ou até bicos ou empregos para trabalhar. Ali, se reuniam pessoas de distintas classes sociais que tinham um mesmo interesse comum. A Bolsa fica no Posto 3, em frente ao Hotel Copacabana Palace. Nos domingos, o fervo e concentração de grupos GLS é grande no local. Também, com a vantagem de poder pegar e tomar uma praia e tomar sol fantástico da cidade do Rio de Janeiro.

Na internet, pode-se encontrar vídeos de gays se beijando nos pontos turísticos do Rio, o que poderia ser um chamariz para o turismo sexual. Mas, governos e o turismo nacional e intennacional não deve subestimar a importância do turismo gay no mundo e dividendos que traz para os países. Nas bancas de revistas se vê mulheres seminuas nas capas e ninguém diz nada. Não é novidade, que o país recebe turismo gay recebe a cada ano jovens e os mais velhos, em busca de um romance ou companhia. Na cidade do Rio de Janeiro, as ruas de concentração ou encontro dos grupos GLS são a Bolsa (areia em frente ao Copacabana Palece), a Cristaleira (areia de Ipanema em frente à Farme).

Já o Hotel Copacabana Palace é um luxuoso e famoso hotel localizado em frente à Praia de Copacabana, na cidade do Rio de Janeiro, Brasil. É, sem dúvida, o mais importante estabelecimento hoteleiro da cidade, por sua história e por hospedar celebridades internacionais que visitam a cidade do Rio de Janeiro como artistas e chefes-de-Estado. O Hotel promove grandes eventos sociais como o Baile do Copa, reveillon, entre outras atividades, sempre sendo destacado em jornais, TVs e colunas sociais do país. O hotel já foi eleito diversas vezes como o melhor hotel da América do Sul, tal como na eleição realizada em 2009 pela World Travel Award, o que é, nada mais , nada menos que um dos mais importantes prêmios mundiais de turismo. O hotel foi construído entre 1919 e 1923 . Na época, era cercado apenas por casas e mansões. O o arquiteto francês Joseph Gire, responsável pela obra, teria se inspirado em dois famosos hotéis da Riviera Francesa: o Negresco, em Nice, e o Carlton, em Cannes.

Por 

Nenhum comentário ainda...

Deixe o seu




Receba dicas exclusivas de passeios pelo Brasil no seu email.