O QUE FAZER

Rio de Janeiro ostenta com inúmeros méritos o posto de cidade “maravilhosa”. A alcunha deve-se sobretudo à natureza que colocou num só lugar mar e montanhas numa sinergia perfeita. Somados os atrativos naturais ao estilo de vida agradável (filosofia, dizem uns) e animado do carioca, fazem do Rio bem mais do que um mero cartão-postal, mais sim um estado de espírito de alto-astral. Sentimento impulsionado em parte pelas benesses oferecidas pela própria cidade, por exemplo, os aproximadamente 30 quilômetros de orla margeada por calçadões e ciclovias onde uma multidão de pessoas caminha, pedala, corre ou apenas observa o movimento ao longo do dia inteiro.

Um lugar assim, não poderia ser diferente, se tornou o cartão postal do Brasil. Para os turistas que optam pelo balneário fluminense para passar as férias ou apenas um final de semana, valem algumas dicas. Por exemplo: o Rio é bonito? É. Mas é também um lugar de clima altamente instável. Isso é ótimo para alguns, entre estes os que preferem ir às compras – melhor em dias nublados ou chuvosos – ou mesmo aproveitar as livrarias e restaurantes da zona sul. Caso haja sol forte, que é o mais natural no Rio, aproveite para ir à praia, à Lagoa Rodrigo de Freitas, ao Corcovado ou Pão de Açúcar. Opções é o que não faltam. Veja o que fazer no Litoral do Rio de Janeiro:

Em dias de sol muito intensos é de grande valia o turista conhecer as numerosas lojas de sucos e frios da zona sul. Trata-se de um dos programas preferidos pelos cariocas em épocas cujas temperaturas estão muito altas. Além de ser extremamente saudável – é bem barato. Nos bairros do Leblon, Ipanema, Gávea, Humaitá e Copacabana há uma loja de suco próxima da outra. São bem fáceis de serem encontradas.

O retrato de homem cordial pintado para vender a imagem do país mundo afora é, em parte, a imagem do povo carioca. Trata-se de um povo altamente amistoso. Para fazer amizade, praias, livrarias e os inúmeros bares são os melhores lugares para tal. Uma dica é conhecer o Baixo Gávea, a Cobal Leblon e a Cobal Humaitá. São lugares onde há uma centena de diferentes bares e restaurantes – quase sempre o roteiro preferido de turistas e moradores locais para jantar ou apenas se reunir para tomar chope. Mesmo que o Rio seja um local de povo amistoso, por ser rota para o público gay, vale evitar demonstrações quentes de beijos em alguns lugares.

Encontre uma enorme opções de lazer por todo o Litoral do Rio de Janeiro e aproveite muito as suas férias em terras cariocas.


Por 

Receba dicas exclusivas de passeios pelo Brasil no seu email.