PRAIA DE BÚZIOS, MEIO E PERIGOSO

Oásis no meio da correria do dia a dia do Rio de Janeiro, as praias de Búzios, Meio e Perigoso são algumas das belezas ainda intocadas pelo homem na região. Próximo à Barra de Guaratiba e à Grumari, as praias de Búzios, Meio e Perigoso ficam em uma área de preservação ambiental, e que o acesso só é possível através de trilhas ou por barco.

As trilhas que dão acesso às praias são classificadas entre leves a moderadas, portanto podem ser feitas por todas as pessoas, de todas as idades. A partir da Barra de Guaratiba, depois de uma caminhada leve, chega-se, primeiramente, à praia do Perigoso. O nome foi dado a essa praia devido a uma lenda, contada por moradores da região, que um bandido muito perigoso se escondeu nessa praia. Ela fica a cerca de 15 Km da Barra de Guaratiba, a trilha podendo ser feitaem 50 minutos. A praia tem areias brancas e água azul e limpa. Normalmente fica vazia, mas em fins de semana a praia recebe mais visitantes.

Depois da praia do Perigoso, a trilha leva à praia de Búzios. Nessa praia encontra-se a pedra da Tartaruga, na Serra de Guaratiba. A pedra recebeu esse nome por ter um formato parecido a uma tartaruga. A prática de rapel pode ser feita, descendo a Pedra da Tartaruga. A visão propiciada pelo rapel é uma das mais belas, em que é possível enxergar desde o Maciço da Tijuca até a Pedra da Gávea. A praia de Búzios, muito similarmente as outras dessa região, é de uma areia muito branca e com água límpida e azul.

A praia do meio, um pouco mais distante das outras duas, tem uma das trilhas mais bonitas da região. São cerca de 50 minutos de muita vegetação e pássaros belíssimos. Até essa área, a trilha ainda é tranquila, mas, a partir desse ponto, caso os aventureiros queiram chegar a outras praias, como a praia Funda e Inferno, desertas, enfrentará trilhas mais difíceis, que requerem um preparo físico melhor. Além das trilhas, é possível chegar a essas praias por barco. Alguns pescadores fazem o percurso por R$ 25, por passageiro.

Essas praias também são muito frequentadas por surfistas e praticantes de mergulho que procuram essa área por ser limpa, ter um mar não poluído, diferentemente de outras praias do Rio de Janeiro, além de pertencer a uma área de preservação permanente.

Alguns amantes da natureza também visitam a praia para acampar. Durante a noite, a beleza da natureza, os sons propiciados pelos animais e a possibilidade de fugir da correria da grande cidade, que fica a 50 Km dali, mostram quão significativa é a preservação desses locais.

Para frequentar essas belezas da natureza, é imprescindível o cuidado com os pertences levados. Garrafas de água, papéis e lixos jogados em locais assim poluem as praias. Deve-se ter extremo cuidado com pontas de cigarro em matas, pois elas podem desencadear incêndios. Ao levar garrafas de água e alimentos em sacolas, certifique-se de voltar com elas para a cidade, e dar um destino correto para tais itens.

Por 

Nenhum comentário ainda...

Deixe o seu




Receba dicas exclusivas de passeios pelo Brasil no seu email.